29 de abr de 2009

sonho

estava andando na areia da praia, acompanhada da minha filha b., de 15 anos, em direção à minha outra filha, que vinha no sentido oposto. só que no sonho não era a g., era uma menina de uns 3 anos, biotipo diferente (rechonchudinha, moreninha).
após uns passos, encontrei com ela e falei "oi, laura". [não conheço nenhuma laura-bebê...]
a b. avisou que ia voltar, e eu continuei, dei mais alguns poucos passos.
de repente, olho pra frente, na direção do mar, e vejo a maior onda possível, uma coisa mosntruosa mesmo, nunca visto sequer em filme, avançando em direção de todo mundo na praia.
em segundos, constatei que não tinha saída, era o fim de tudo.
nesses poucos segundos, só o que eu consegui fazer foi procurar e segurar apertado a mão da laura, olhar nos olhos dela e dizer firme e calmamente "eu te amo, laura", como a tranquilizá-la. não dava tempo pra mais nenhuma palavra, nenhuma ação.
a onda nos derrubou, na maior enxurrada, levando a mim e a todos.
e eu acordei.

27 de abr de 2009

26 de abr de 2009

o que queremos?

Se queremos muito algo, mesmo que difícil, fazemos o possível (e impossível?) para conseguir.
Se gostaríamos de querer, podemos dizer que queremos, mas sempre conseguimos arrumar um mas, um se, uma rotina inquebrável.. .
Não sei se existe querer certo ou errado, mas às vezes é bem difícil admitir para nós mesmos que gostaríamos muito de querer algo que admiramos, mas na verdade só admiramos, não queremos.


de uma amiga da nossa lista de amamentação. lúcido e verdadeiro, não?

22 de abr de 2009

onde foi que eu errei?

"amiga" virtual oferece doação de vários livros na lista de discussão.
eu mando email, pedindo os que me interessavam.
ela me manda seu telefone, eu respondo que depois entro em contato, por causa do horário.
por conta do fim-de-semana com feriado, demorei pra retomar o contato.
e da lista de livros selecionados, só restaram 2, os menos interessantes.
se era quem-chegar-primeiro-leva, pq ela não me avisou???
tô que nem criança sem presente de natal, uma decepção só...

20 de abr de 2009

rarararara 2!



"que velocidade, hein, gordo?!!"
daqui.

13 de abr de 2009

perdendo os dentes

no carnaval, g. começou a trocar os dentes. puxa, tão novinha (5 anos) e já de dente mole... em poucos dias, caiu o dentinho de baixo, uma fooofa de janelinha, à noite a "fada do dente" veio e trocou o dente por uma moeda (ainda bem, filho econômico dessa vez, os outros saíram mais caros, a tal fada trazia presentinhos... rs)
bom, logo o dentinho do lado ficou mole tb, claro.
mas, dessa vez, não caiu rápido, estava há dias cai-não-cai.
ontem eu achei que ia, estava realmente por um fio, mas a menina não deixou tirar com a mão, não mexeu, dormiu com o dente literalmente pendurado na boca.
rá!
hoje de manhã ela ENGOLIU o dente, enquanto comia um pão com requeijão!!!!!
RARARARARARARARA!!!!

12 de abr de 2009

rarararara!!!!

47 min - GOOOOOOOOOOOOOL DO CORINTHIANS!!! Cristian vira o jogo para a equipe da casa com um chute forte de fora da área.



aqui, aqui e aqui.

4 de abr de 2009

capricho

cada vez que meus filhos me perguntam sobre algo perdido, eu mando eles perguntarem pro "capricho".
nessa semana, a g. queria saber do elástico de cabelo dela e eu, como sempre, mandei a ordem "pergunta pro capricho".
ela entrou na brincadeira e começou:
- caprichooo, caprichooo, onde está meu elástico?
assim que ela achou (pq era muito mais uma questão de PROCURAR DIREITO q qq outra coisa), ela exclamou:
- obrigada, capricho, vc é o melhor capricho do mundo!!!
e depois de pensar mais um pouquinho:
- capricho, quando eu crescer, quero casar com você!
foooofaaa!!!