23 de jul de 2009

:o|



vou ali pensar um pouco na vida...

20 de jul de 2009

meio cheio ou meio vazio?


hoje escrevi um post no blog das mamíferas, blog-irmão do blog da matrice.
falei de amamentação, claro!
pra aguçar a curiosidade:

(...) hoje lembrei dessa imagem, a do copo com água pela metade. E pensei de novo (é que eu penso muito nessa imagem) sobre como as pessoas são diferentes. Para uns, o copo está meio cheio. para outros, o copo está meio vazio.
Dentre tantos assuntos que eu poderia [tentar] desenvolver, essa questão, que me é cara, foi a escolhida: na vida, como cada um reage de maneira distinta perante a mesma dificuldade, não? (...)

passa , leia todo o texto e deixe seu pitaco!

14 de jul de 2009

ainda sobre dor...

eu não sou maluca!!!!
hoje me deparei com essa nota:

Dor do parto oferece vantagens, afirma especialista

A dor do parto tem uma série de efeitos benéficos para a mulher e para o bebê que são anulados quando a paciente opta por dar à luz com anestesia epidural, embora a técnica seja útil e imprescindível em alguns casos.
É o que afirma Denish Walsh, obstetra e professor da Universidade de Nottingham, em artigo publicado na revista "Evidence Based Midwifery" no qual explica que a dor é um rito de transição que ajuda a regular o parto.

leia mais aqui. não deixem de ler também os links que existem no final da matéria.
e ainda tem gente que diz que optar por um arto natural é idiotice, é bizarrice, é arriscar a vida do bebê (o pior dos argumentos)... né, meninas?

13 de jul de 2009

falando palavrão

qdo a minha caçula nasceu, no expulsivo, eu me lembro que eu punha a mão na minha testa e só falava (de mim, para mim mesma): "putaquipariu, onde eu estava com a cabeça?...".
ela nasceu com parteira, sem anestesia nenhuma, por minha escolha.
eu só falava palavrões, pra espanto do povo que assistia (tinha uma pequena multidão de enfermeiras assistindo ao parto, além do marido e da parteira).
hoje o uol publicou a notícia de que foi feita uma pesquisa na inglaterra e se concluiu que falar palavrão pode ajudar a suportar melhor a dor física... (aqui)
vou ali cobrar que marido se retrate comigo... eu estava só sentindo menos dor... rs

6 de jul de 2009

segundona braba

desde quinta a babá da g. não vem, está doente. coitada dela, claro, mas aqui fica tudo muito mais difícil, né?...
speedy q não funciona no escritório. ok, a gente já sabia. mas e a net q não funciona em casa, como ficamos?...
e o que eu faço com a g., q não quer ir pra escola hoje?
dor de garganta desde sábado à noite. gosto de cabo de guarda-chuva na boca!
e o almoço do pedreiro, vai sobrar pra quem fazer?...

3 de jul de 2009

videozinho de mj



e fazendo uma paródia de mau gosto, a coisa aqui tá preta... afe.

CORINTHIANS...UMA NAÇÃO DE LOUCOS

coringão campeão!
rumo à libertadores, no ano do seu centenário!!!

26 de jun de 2009

nem morta!



ainda sobre michael jackson: aqui um bom resumo do que eu senti, mas (bem) escrito por gente competente! eu, de fato não sou fã fervorosa do MJ, mas me entristece muito ver uma pessoa tão eletrizante, capaz de arrebanhar tanta gente com seu trabalho pop, morrer assim, de modo besta, e tão novo...
olhando pra foto dele novinho, ele não era um negão lindo? olha o q "restou"... um freak!
o que esse povo tem na cabeça???

***
qto à aluna, NEM MORTA eu dou de graça a nota que ela precisa! tem que se esforçar, minimamente, né? tem que merecer. não adianta só a "carinha pidona".
de graça, nem injeção na testa!
* * *
atualizando: ontem à noite, a menina fez de novo a MESMA prova. 10 questões. teste. acertou 6. precisava de 8. não vai passar. não merece, né?

25 de jun de 2009

:o/

a farrah fawcett e michael jackson morrem no mesmo dia?
TODOS os ícones da minha geração 'tão indo embora...
e eu não conheço esse mundo novo q tá aqui...
apliquei exame pra uma de minhas turmas ontem. corrigi a prova de uma menina com ar de pidona. estávamos quase sozinhas na sala. ela tirou 5, mas precisava de 8. peguei uma nova prova, em branco, e dei pra ela refazer a prova. ela fez em 5 minutos. e tirou 3.
eu não conheço esse mundo mesmo. na minha época, professor nem dava bola pra aluno, qto mais chance... e aluno, se tivesse chance, dava conta do recado! rs

23 de jun de 2009

a vida passa rápido demais...

(A Vida Passa Rápido Demais 1, William Douglas)

Faze-me ficar quieto, bem quieto.
Apenas senta-te ao meu lado,
E deixa a vida passar,
Porque ela passa rápido demais,
Porque ela é muito triste,
Porque ela é muito bonita.

Por isso, apenas fica aqui, ao lado,
Bem do lado,
Tanto que eu sinta teu perfume,
Tanto que eu sinta tua respiração,
Porque a vida passa rápido demais,
Porque ela não pára.

Fica comigo, me dá um abraço,
Tudo enquanto a vida passa,
Porque ela é triste,
Porque ela é rápida.
Olha, ainda que apenas uma vez,
O horizonte comigo,
Sorri comigo ainda que seja apenas uma vez,
Divide comigo um prato, um sorvete,
Algum dos teus momentos,
Porque a vida é tão curta,
E às vezes a memória tão falha,
E às vezes tão forte
(que é o único bem que nos resta).

Fica comigo um pouquinho,
Antes que a vida passe,
Porque ela passa rápido demais.



(A Vida Passa Rápido Demais 2, William Douglas)

É absolutamente impossível sorver tudo,
É impossível ler tudo, ouvir tudo,
É impossível contar, falar, descrever tudo.
A vida não dá tempo para quase nada,
Não dá para ser um cirurgião, um poeta, um juiz,
Um professor, um atleta, um explorador.
Há tempo de menos,
Tarefas demais,
Obrigações, necessidades,
Há convites, compromissos, há tantas coisas.
Parece que não dá tempo
/nem mesmo para assistir
/a todos os filmes legais,
Porque a vida é curta demais.
Não dá tempo para rever todos os amigos,
Para conversar com todos,
Para sair todos os finais de semana,
Quase não dá tempo para se ter filhos,
Para se brincar com eles,
Para se estar com os pais,
Com os primos, os tios, os sobrinhos,
Não há tempo para se olhar o pôr-do-sol todos os dias,
Às vezes, não há nem sol...
A vida passa rápido demais,
Tanto que eu queria ter mil vidas,
Que o dia tivesse, pelo menos,
/mais doze horas,
que todos já nascessem ricos,
e que só fosse permitido trabalhar-se
/umas três horas por dia,
e que todos nos reuníssemos, sempre,
e que fosse tudo isso possível.
E então, ao perceber toda essa rapidez,
Toda essa corrida, toda essa pressa,
Toda essa lentidão, esse caos no tempo,
Toda essa vida linda escorrendo fugida,
Ao perceber tudo a me fugir das mãos,
Ao ver a vida passar tão rápido,
Então eu me encanto com a idéia da eternidade.


lindo, não?
a vida passa rápido demais...

11 de jun de 2009

movimento do graal



anteontem cheguei em casa e encontrei minha "cruz" na mão da minha caçula.
fiquei perplexa! eu tinha perdido ela há anos atrás, qdo ainda morava no apartamento. embutuquei em algum lugar, e nunca mais encontrei... pensei que ia achar na mudança (feita há 1 ano e meio atrás!), mas qual! já estava até resignada...
e eis que ela surge, segundo as meninas, enfiada no sofá. teria algum sentido se fosse no sofá trazido do apartamento, mas não, era na poltrona herdada da antiga proprietária...
é a minha cruz, sem dúvida alguma. como foi parar na poltrona, ninguém sabe, ninguém viu...
enfim, não importa! fiquei contente, muito contente. quem sabe as coisas não começam a tomar outro rumo?...
hoje achei o site da livraria do graal. me inscrevi na palestra de julho. a editora é na rua da minha amiga f.. coincidência é pouco!!!
o movimento do graal teve um lugar muito importante na minha vida. acho que está na hora de voltar a estudar os ensinamentos de Abd-Ru-Shin.

8 de jun de 2009

paulo francis

"Dizem que ofendo as pessoas. É um erro. Trato as pessoas como adultas. Critico-as. É tão incomum isso na nossa imprensa que as pessoas acham que é ofensa. Crítica não é raiva. É crítica. Às vezes é estúpida. O leitor que julgue. Acho que quem ofende os outros é o jornalismo em cima do muro, que não quer contestar coisa alguma. Meu tom às vezes é sarcástico. Pode ser desagradável. Mas é, insisto, uma forma de respeito, ou, até, se quiserem, a irritação do amante rejeitado."

meu pai sempre gostou das tiradas do paulo francis. eu era pequena demais para entender, ou para acompanhar a ironia que animava o velho... e agora, sou velha demais para resgatar isso com meu pai.
desencontro é isso.
mas é sempre possível tirar algo de bom. pra quem acha que eu "ofendo" com algumas colocações na net, a citação serve como uma luva, não?...

um bom resuminho de quem foi paulo francis vc pode ver aqui.

4 de jun de 2009

bom senso comum

Sou leitora da coluna e vejo o senhor criticar frequentemente o senso comum. Não é o mesmo que bom senso? Qual é o problema com o bom senso?

O senso comum é completamente diferente do bom senso. É uma das vantagens da nossa língua (em inglês, as duas coisas são o "common sense"). Eles não têm um termo apropriado para diferenciá-las. Tenho dito que o senso comum é a religião mais praticada no mundo. E explico: ele depende de fé e não de explicação. Quando alguém diz "mãe é mãe" faz uso do senso comum. Supõe que você tenha fé na afirmação e a obedeça, amando e acatando sua mãe, não importa que tipo de pessoa ela seja.

O bom senso é o sentido de lógica com que nascemos. Meu filho -que foi criado sem religiões- deu um ótimo exemplo de bom senso quando ouviu pela primeira vez os dez mandamentos. Perguntou por que não havia um mandamento sobre honrar filhos e filhas. O senso comum acata; o bom senso estranha e pergunta. O senso comum não explicita, alude ("você tem que ir porque é meu namorado"); o bom senso quer saber o que é um namorado, e por que ele tem que ir, já que está achando um programa de índio. O senso comum diz: "É porque todo mundo faz assim". Resposta muito usada no episódio das passagens aéreas do Congresso. Já o bom senso questiona se é ético ou não. Precisamos muito do bom senso.

Francisco Daudt, na Revista da Folha

27 de mai de 2009

socorro!!!!!



Socorro, não estou sentindo nada
Nem medo, nem calor, nem fogo
Não vai dar mais pra chorar, nem pra rir
Socorro, alguma alma, mesmo que penada
Me entregue suas penas
Já não sinto amor, nem dor, já não sinto nada
Socorro, alguém me dê um coração
Que esse já não bate, nem apanha
Por favor, uma emoção pequena
Qualquer coisa
Qualquer coisa que se sinta
Em tantos sentimentos
Deve ter algum que sirva
Socorro, alguma rua que me dê sentido
Em qualquer cruzamento, acostamento, encruzilhada
Socorro, eu já não sinto nada, nada

(Composição: Arnaldo Antunes/Alice Ruiz)
........
acabei de descobrir o site da alice ruiz, autora dessa letra... é incrível como a gente, de repente, presta atenção a um texto que sempre esteve por aí...
e na próxima terça, dia 2, tem lançamento do livro de uma cliente minha que faz raicais, a carol. eu fiz a programação visual do livro e da mini-expo. vai ser na livraria da vila da vila, depois posto mais dados (preguicinhaaa...).

19 de mai de 2009

e no meio da confusão...

Como extasiar de prazer uma mulher... (Conselhos para homens)

Em geral os conselhos relacionados ao assunto raramente rendem o sucesso esperado. Mas não é o caso destas cinco técnicas infalíveis. Quer deixar sua parceira "louquinha"? Comece seguindo estes conselhos. (Atenção: Segredos revelados por uma mulher)

Técnica nº1: Mãos Molhadas
Sim, a técnica das mãos molhadas.. Certamente a mais popular entre as mulheres. Tão simples. Tão excitante. Você vai deixá-la sem fôlego: Faça a sua mulher sentar-se numa cadeira confortável na cozinha. Certifique-se que ela consegue ver muito bem tudo que você faz. Encha a pia da banca da cozinha com água e adicione algumas gotas de detergente para louça com aroma. (Existem muitos aromas que podem ser utilizados -maçã, limão, lavanda - escolha o que quiser. Se estiver em dúvida, experimente o 'neutro'). Pegue numa esponja macia, submerja as mãos na água e sinta sua pele ser envolvida pelo líquido até que a esponja esteja bem molhada. Agora, movendo-se devagar e gentilmente, pegue num prato sujo do jantar, coloque-o dentro da pia e esfregue a esponja em toda a superfície do prato. Vá esfregando com movimentos circulares até que o prato esteja limpo. Enxague o prato com água limpa e coloque-o a secar. Repita com toda a louça do jantar até que sua parceira esteja extasiada de prazer.

Técnica nº2: Vibrando pela Sala
Esta técnica utiliza o que para muitas mulheres é considerado um "brinquedinho". É um pouco mais difícil do que a primeira, mas com algum treino vai fazer com que sua parceira grite de prazer. Cuidadosamente pegue no aspirador do lugar onde ele fica guardado. Seja gentil, demonstre a ela que sabe o que está a fazer. Ligue-o à tomada, aperte os botões certos na ordem correta. Vagarosamente vá se movendo para frente e para trás, para frente e para trás.... Por toda a carpete da sala. Saberá quando deve passar para uma nova área. Vá mudando gradativamente de lugar. Repita quantas vezes seja necessário até atingir os resultados.

Técnica n°3: A Camisola Molhada
Este joguinho é bem fácil, embora precise de mente rápida e reflexos certeiros. Se você for capaz de administrar corretamente a agitação e a vibração do processo, a sua parceira falará de sua performance a todas as amigas dela. Você precisará de duas pilhas de roupas sujas. Uma com as roupas brancas, e outra com as coloridas. Encha a máquina de lavar com água e vá deitando gentilmente o detergente e amaciador dentro dela (para deixar a mulher ofegante, use exatamente a quantidade recomendada pelo fabricante). Agora, sensualmente coloque as roupas brancas na máquina... uma de cada vez... Devagar. Feche a tampa e ligue o 'ciclo completo'. Enquanto você vê sua companheira babar de desejo por você, essa é uma ótima oportunidades para pôr em prática a Técnica nº2. No fim do ciclo, retire as roupas da máquina e estenda-as para secar. Repita a operação com as roupas coloridas. Atenção: Se nesse ponto ela começar a gritar algo como: - "Sim! Sim! Ai! Isso! Ai mesmo! Oh meu Deus! Não pára! Não pára!" Não pare. Continue até que ela esteja exausta de prazer.

Técnica nº4: O que sobe, desce
Esta é uma técnica muito rapidinha. Para aqueles momentos em que você quer surpreendê-la com um toque de satisfação e felicidade. Pode ter certeza, ela não vai resistir. Ao ir ao WC, levante o assento da bacia. Ao terminar, baixe novamente. Se o rolo do papel higiênico acabou, substitua por outro, colocando-o no sítio respectivo. Faça todas as vezes. Ela vai precisar de atendimento médico de tanto prazer.

Técnica nº5: Gratificação Total
Cuidado: colocar em prática esta técnica pode levar a sua companheira a um tal estado de sublimação que será difícil depois acalmá-la, podendo causar riscos irreversíveis na saúde da mulher. Esta técnica leva algum tempo para aperfeiçoar. Empenhe-se com afinco. Experimente sozinho algumas vezes durante a semana e tente surpreendê-la numa sexta-feira à noite. Funciona melhor se ela trabalha até tarde, ou não tem hora certa de saída do emprego e chega cansada a casa. Aprenda a fazer uma refeição completa. Seja bom nisso. Quando ela chegar a casa, convença-a a tomar um banho relaxante (de preferência aromático numa banheira de água morna que você já preparou). Enquanto ela está lá, termine o jantar que você já adiantou antes dela chegar em casa. Após ela estar relaxada pelo banho e saciada pelo jantar, proceda com a Técnica nº1. Preste atenção nela pois o estado de satisfação será extremamente alto, podendo causar coma repentino.

acabei de ler no blog da edna, não resisti e repeti sem nem receber a autorização dela... eu AMEI a técnica 4, do fundo do meu coração... e vcs?

*******************

vc sabe o que é troll? vcs acham que eu sou troll? fiquei na dúvida... ai...

6 de mai de 2009

trabalho



Mostra destaca design de artistas construtivos
Amilcar de Castro e Willys de Castro têm 350 peças expostas a partir de hoje no IAC

Entre os destaques estão alguns projetos gráficos para jornais, assinados por Amilcar, e vestidos e objetos com desenhos de Willys

As duas grandes salas expositivas do IAC (Instituto de Arte Contemporânea) são tomadas a partir de hoje por 350 peças, que vão do preto-e-branco dos projetos gráficos inovadores de jornais assinados por Amilcar de Castro às explosões de cor dos vestidos com design de Willys de Castro. (...) "duas coisas sobressaem: Amilcar achava as soluções de design no meio do trabalho, enquanto Willys era minucioso e tinha de fazer metódicos projetos", diz o curador Lorenzo Mammì.

DESENHO E DESIGN - AMILCAR DE CASTRO E WILLYS DE CASTRO
Quando: abertura hoje, às 19h30 (convidados); de ter. a sáb., das 10h às 18h, e dom., das 12h às 17h; até 2/8
Onde: IAC (r. Maria Antonia, 258, tel. 3255-2009); livre
Quanto: entrada franca

(texto da folha, ver a íntegra aqui)


eu fiz parte da sinalização das salas. observem as obras plotadas nas paredes (eu não tirei fotos, ô cabeça a minha!), muito legal! acho que vou fazer igual aqui no estúdio... rs

5 de mai de 2009

gripe suína

confesso que tenho vasculhado o jornal a procura de um bom motivo pra eu me sentir alarmada sobre essa possível pandemia.
e não encontro nenhum bom motivo.
porque 1.124 casos confirmados no mundo (e 26 mortes) seria caso de preocupação??? existem milhões de pessoas saudáveis no mm momento!
especialistas têm afirmado que a letalidade dessa gripe é baixa, então é irritante (pra mim) ver a população correndo atrás de tamiflu...
fico tentando tb ler nas entrelinhas, mesmo na grande mídia alguma coisa sempre há de aparecer.
e aparece, veja só:
- poder de vírus é limitado, diz eua - basicamente, eles estão chegando à conclusão que a atual gripe suína é menos letal que a "antiga" gripe aviária, que desde 2003 matou 257 pessoas.
essa é a notícia mais interessante (pena que as pessoas parecem não se dar conta do que isso pode significar):
- em 1976, vacina matou mais do que surto de gripe suína nos eua. leia a íntegra aqui. mas o ponto básico é:
"A doença causou apenas duas centenas de casos e uma morte, mas a tentativa de contê-la acabou deixando 500 doentes --e 25 mortos (...) A vacina ficou pronta no tempo esperado, e a imunização começou no dia 1º de outubro. E foi aí que as coisas começaram a dar errado. Ainda no começo do mês, começaram a surgir casos graves de reação à vacina. A imunização, descobriu-se, provocava um problema neurológico raro (...) e, em alguns casos, morte. (...) As primeiras [mortes] foram registradas em 12 de outubro. No começo de dezembro, o governo decidiu interromper a vacinação. Quarenta milhões de americanos, incluindo o presidente, haviam recebido a vacina. Estudos posteriores constataram que o vírus, mesmo que se espalhasse, jamais seria tão violento quanto o de 1918. A cura matou mais que a doença, num caso que voltou a ser discutido nos EUA nos últimos dias --como um exemplo como não agir."

e no jb do dia 1º, análise de mauro santayana:
"O governo do México e a agroindústria procuram desmentir o óbvio: a gripe que assusta o mundo se iniciou em La Glória, distrito de Perote, a 10 quilômetros da criação de porcos das Granjas Carroll, subsidiária de poderosa multinacional do ramo, a Smithfield Foods. (...) Os moradores de La Glória – alguns deles trabalhadores da Carroll – não têm dúvida: a fonte da enfermidade é o criatório de porcos, que produz quase 1 milhão de animais por ano. Segundo as informações, as fezes e a urina dos animais são depositadas em tanques de oxidação, a céu aberto, sobre cuja superfície densas nuvens de moscas se reproduzem. (...) Os animais são alimentados com rações que levam 17% de farinha de peixe, conforme a Organic Consumers Association, dos Estados Unidos, embora os porcos não comam peixe na natureza. De acordo com outras fontes, os animais são vacinados, tratados preventivamente com antibióticos e antivirais, submetidos a hormônios e mutações genéticas, o que também explica sua resistência a alguns agentes infecciosos. Assim sendo, tornam-se hospedeiros que podem transmitir os vírus aos seres humanos, como ocorreu no México, segundo supõem as autoridades sanitárias." Leia o texto inteiro, é muito interessante...

29 de abr de 2009

sonho

estava andando na areia da praia, acompanhada da minha filha b., de 15 anos, em direção à minha outra filha, que vinha no sentido oposto. só que no sonho não era a g., era uma menina de uns 3 anos, biotipo diferente (rechonchudinha, moreninha).
após uns passos, encontrei com ela e falei "oi, laura". [não conheço nenhuma laura-bebê...]
a b. avisou que ia voltar, e eu continuei, dei mais alguns poucos passos.
de repente, olho pra frente, na direção do mar, e vejo a maior onda possível, uma coisa mosntruosa mesmo, nunca visto sequer em filme, avançando em direção de todo mundo na praia.
em segundos, constatei que não tinha saída, era o fim de tudo.
nesses poucos segundos, só o que eu consegui fazer foi procurar e segurar apertado a mão da laura, olhar nos olhos dela e dizer firme e calmamente "eu te amo, laura", como a tranquilizá-la. não dava tempo pra mais nenhuma palavra, nenhuma ação.
a onda nos derrubou, na maior enxurrada, levando a mim e a todos.
e eu acordei.

27 de abr de 2009

26 de abr de 2009

o que queremos?

Se queremos muito algo, mesmo que difícil, fazemos o possível (e impossível?) para conseguir.
Se gostaríamos de querer, podemos dizer que queremos, mas sempre conseguimos arrumar um mas, um se, uma rotina inquebrável.. .
Não sei se existe querer certo ou errado, mas às vezes é bem difícil admitir para nós mesmos que gostaríamos muito de querer algo que admiramos, mas na verdade só admiramos, não queremos.


de uma amiga da nossa lista de amamentação. lúcido e verdadeiro, não?

22 de abr de 2009

onde foi que eu errei?

"amiga" virtual oferece doação de vários livros na lista de discussão.
eu mando email, pedindo os que me interessavam.
ela me manda seu telefone, eu respondo que depois entro em contato, por causa do horário.
por conta do fim-de-semana com feriado, demorei pra retomar o contato.
e da lista de livros selecionados, só restaram 2, os menos interessantes.
se era quem-chegar-primeiro-leva, pq ela não me avisou???
tô que nem criança sem presente de natal, uma decepção só...

20 de abr de 2009

rarararara 2!



"que velocidade, hein, gordo?!!"
daqui.

13 de abr de 2009

perdendo os dentes

no carnaval, g. começou a trocar os dentes. puxa, tão novinha (5 anos) e já de dente mole... em poucos dias, caiu o dentinho de baixo, uma fooofa de janelinha, à noite a "fada do dente" veio e trocou o dente por uma moeda (ainda bem, filho econômico dessa vez, os outros saíram mais caros, a tal fada trazia presentinhos... rs)
bom, logo o dentinho do lado ficou mole tb, claro.
mas, dessa vez, não caiu rápido, estava há dias cai-não-cai.
ontem eu achei que ia, estava realmente por um fio, mas a menina não deixou tirar com a mão, não mexeu, dormiu com o dente literalmente pendurado na boca.
rá!
hoje de manhã ela ENGOLIU o dente, enquanto comia um pão com requeijão!!!!!
RARARARARARARARA!!!!

12 de abr de 2009

rarararara!!!!

47 min - GOOOOOOOOOOOOOL DO CORINTHIANS!!! Cristian vira o jogo para a equipe da casa com um chute forte de fora da área.



aqui, aqui e aqui.

4 de abr de 2009

capricho

cada vez que meus filhos me perguntam sobre algo perdido, eu mando eles perguntarem pro "capricho".
nessa semana, a g. queria saber do elástico de cabelo dela e eu, como sempre, mandei a ordem "pergunta pro capricho".
ela entrou na brincadeira e começou:
- caprichooo, caprichooo, onde está meu elástico?
assim que ela achou (pq era muito mais uma questão de PROCURAR DIREITO q qq outra coisa), ela exclamou:
- obrigada, capricho, vc é o melhor capricho do mundo!!!
e depois de pensar mais um pouquinho:
- capricho, quando eu crescer, quero casar com você!
foooofaaa!!!

28 de mar de 2009

haicais e que-tais...

enquanto eu curto minha crise de setênio...
visitem os dois blogs de uma amiga-cliente-querida (outra):

haicai na oca e a foz do tapajós.

***************

e daqui a uns minutinhos, todo mundo de luzes apagadas (por uma hora) em prol da "hora do planeta". não custa tentar, não é?...

26 de mar de 2009

setênios

há muito tempo atrás, li (e ouvi) sobre a teoria dos setênios, que a vida tem ciclos de 7 anos, e cada setênio tem um significado, por assim dizer... fez e faz muito sentido pra mim.
tenho a dizer que devo estar em plena CRISE de entrada em mais um setênio...
nada faz muito sentido na minha vida, uma vontade maluca de virar as costas pra tudo de equivocado que eu vejo, principalmente com meus filhos e meu marido.
eu sou da teoria que as pessoas devem se aproximar/conviver/relacionar intimamente apenas com aquelas com as quais exista troca, afinidade, vontade... se a única "histérica" da minha casa sou eu, talvez a errada seja eu, não é? talvez eu deva realmente REPENSAR quem sou eu, qual é o meu papel na minha casa, qual é a importância da minha presença lá... [não, não é drama, é apenas o que eu penso...]
eu não vou ser "visita" na minha casa. não mesmo! tb não vou conviver "socialmente" na minha casa. quero conviver intimamente. e quero que todo mundo QUEIRA a companhia de todo mundo. do contrário, tiro meu time de campo. [ainda por cima, a culpa DEVE ser minha, q mania de ficar enfiando o dedo na ferida, ficar cobrando posições das pessoas...]
como disse uma querida há uns dias atrás... "a vida me atropela".

9 de mar de 2009

dá-lhe, fofucho!!!!





e pra se divertirem um pouquinho mais, leiam o abc do clássico, aqui.

os mais legais:

alambrado: caiu por excesso de alegria ou de peso?

GO: pensei que o “GO” na camisa do corinthians era a abreviação de GOrdo. mas errei. era de GOl.

odontologia: creio que daqui a um mês a dupla de ataque do corinthians será dentinho e dentão. e os adversários vão usar seus dentes para roer as unhas. (a melhor!!)

zoilo: substantivo masculino que, segundo o Houaiss significa: “crítico que, em sua mordacidade, revela inveja, incompetência ou aversão pessoal injustificada”. creio que, em breve, todos os que criticaram a ida de ronaldo para o corinthians merecerão serem chamados de “zoilos”.

1 de mar de 2009

águas de março



É pau, é pedra, é o fim do caminho,
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol,
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol
É peroba do campo, é o nó da madeira,
Caingá, candeia, é o Matita Pereira
É madeira de vento, tombo da ribanceira,
É o mistério profundo, é o queira ou não queira
É o vento ventando, é o fim da ladeira,
É a viga, é o vão, festa da cumeeira
É a chuva chovendo, é conversa ribeira,
Das águas de março, é o fim da canseira
É o pé, é o chão, é a marcha estradeira,
Passarinho na mão, pedra de atiradeira
É uma ave no céu, é uma ave no chão,
É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão
É o fundo do poço, é o fim do caminho,
No rosto o desgosto, é um pouco sozinho
É um estrepe, é um prego, é uma ponta, é um ponto, é um pingo pingando,
É uma conta, é um conto
É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando,
É a luz da manhã, é o tijolo chegando
É a lenha, é o dia, é o fim da picada,
É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada
É o projeto da casa, é o corpo na cama,
É o carro enguiçado, é a lama, é a lama
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã,
É um resto de mato, na luz da manhã
São as águas de março fechando o verão,
É a promessa de vida no teu coração

É pau, é pedra, é o fim do caminho,
É um resto de toco, é um pouco sozinho

É uma cobra, é um pau, é João, é José,
É um espinho na mão, é um corte no pé
São as águas de março fechando o verão,
É a promessa de vida no teu coração

É pau, é pedra, é o fim do caminho,
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã,
É um belo horizonte, é uma febre terçã
São as águas de março fechando o verão,
É a promessa de vida no teu coração
É pau, é pedra, é o fim do caminho,
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É pau, é pedra, é o fim do caminho,
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É pau, é pedra

25 de fev de 2009

dia 6 - voltando...

estrada o dia inteiro. ufa!!!!
depois publico as fotos (não sei onde a máquina está agora).
mas saímos 9 e pouco da manhã do hotel e chegamos meia-noite e meia!
e a vontade de quero-mais já bateu! não deu nada pro gasto...

cálculos de quilometragem rodada (incompleto):
Dia 1 SP – Cascavel = 915km
Dia 2 Cascavel – Asunción = 475km (35km rodados na cidade)
Total 1 = 1.390km

Dia 4 Asunción – Foz do Iguaçu = 341km

24 de fev de 2009

dia 5

Dia de “compras” em CDL. Fomos os típicos turistas. Batemos perna pelas ruas e shoppings à-la-25-de-março. Nos empolgamos. Gastamos mais do que deveríamos. Mas estamos contentes com nossas comprinhas. Êêêê, como é fácil ficar contentinha! Voltamos cansados e nem deu tempo de ir até Itaipu, pena, fica pra próxima... Jantamos picanha na tábua (delícia) e desmaiamos no hotel. Amanhã, estrada de novo!

23 de fev de 2009

dia 4



Temos que voltar já... O seguro do carro acaba hoje (achávamos que tínhamos mais um dia, mas não é o que diz a apólice que temos em mãos... e marido não quer “arriscar”...).
Fomos buscar G. (que dormiu na A. desde que chegou). Nos despedimos rapidamente, hoje é dia normal, de trabalho, aqui no Py. Um aperto no coração. Ai.
Pegamos estrada por volta de 9h30. Fomos parados pela polícia de novo. Dessa vez, mais receosos (pq o QM realmente ultrapassou em cima de faixa contínua), “morremos” com R$ 20,00 MAIS G$ 100.000,00 (cerca de cinqüenta reais). Absurdo, fiquei fula, mas não há muito o que fazer, se não queremos dor de cabeça... mas penso que, dessa vez, fomos mais ingênuos e “pagamos” muito. Agora, já foi.
Chegamos em Foz do Iguaçu pouco depois das 15h (rodamos 330km, mas a velocidade média é baixa, por conta do limite de velocidade da estrada e por conta do receio de dar motivo real pra polícia nos parar...).
Fomos passear nas Cataratas do Iguaçu. Lindo! Lugar preservado, organizado, bacana!
Depois, sofremos pra achar hotel, estava escurecendo e a cidade meio lotada por conta do carnaval... Mas achamos um lugar pra ficar, e zuzo-bem. O hotel é meio porcaria. E a internet não carrega no mac. Mas, como disse, zuzo-bem.







22 de fev de 2009

dia 3

Tomamos café no hotel e voltamos pra casa da A. As crianças já estavam na piscina. Calor absurdo, e resolvemos nos refrescar tb! Almoçamos por lá e fomos ficando, papeando e curtindo... [a temperatura chegou a 40º!]
No final da tarde, saímos pela cidade vazia, passamos pelo centro (lindo!) e acabamos no shopping. Lá (como cá), passeio-leve acaba sendo no shopping! Tomamos sorvete e café, bagunçamos com as crianças (como fazíamos no Br), compramos cacarecos, voltamos e fomos jantar pizza na casa de uma amiga.
O dia acabou rápido demais.


menininhas... lindas!


cooperação br-py, decidindo o futuro da amamentação - e se refrescando um pouquinho, que ninguém é de ferro!!!!!


tomando café e colocando o shopping paraguaio abaixo!




pizza com sorvete. a gente é mais parecido do que imagina...

dia 2



saímos quase 9h do hotel, chegamos em ciudad del este às 10h30.
achávamos que ia ser rápido, mas ficamos uma hora na fronteira, providenciando "permisso", pra gente e pras traquitanas que estamos levando (leia-se laptop e máquina fotográfica).
depois, só estrada.
chegamos (finalmente) em asunción depois das 16h.
calor INFERNAL!!!! olhei no termômetro do carro, chegou a 39,5ºC!!!!!
mas, daí, foi só alegria. meeeesmo!


lá como cá, a população é pobre e precisa dar "um jeitinho"...


é como me disseram: a estrada é uma reta só, parece interminável...


eu, cansada, suada, melada, amassada, mas feliz, bem feliz, em solo paraguaio!


nós!


as meninas-lindas (e o bebê-fofo lá atrás)!!!!


tadinhas... capotaram de cansadas!! kkk

20 de fev de 2009

dia 1


[clique na imagem para vê-la maior]


saímos pouco depois das 6h da manhã. tomamos café na estrada, quase 3 horas depois.
g. foi dormindo a maior parte do tempo. meeesmo!
depois de 575 km rodados, paramos pra almoçar às 14h, logo depois da entrada de londrina, num restaurante enoorme de beira de estrada. por incrível que pareça, o lugar estava vazio, só tinha mais 2 casais em outra mesa, o resto estava totalmente vazio. e advinhem? uma das mulheres usava o MESMO VESTIDO QUE EU! fiquei passada... rodar tanto e encontrar a mesma roupa?...
a paisagem é linda, o mato é verde escuro, a terra é bem vermelha. o tempo esteve ótimo, a estrada ok (apenas um trechinho ruim, mas na maior parte esteve tudo bem sinalizado), muitos pedágios (mas saímos com o passa fácil), pouco trânsito...
quase no final do dia, g. (q tinha voltado a dormir) acordou molhada. sim, ela fez xixi dormindo no carro!!! ECAAA!!!
chegamos em cascavel às 19h, depois de rodar 950 km (conf.), pra pernoitar num hotel bacaninha (beira de estrada). tomamos banho, jantamos e desmaiamos no quarto.
menos a g., claro, pois ela dormiu quase o caminho inteiro, evidentemente estava sem sono à noite. ficou assistindo cartoon...


uma longa estrada pela frente... 


paisagem bonita!



gabriela foi dormindo quase o caminho todo...



finalmente, nosso destino "aparece"! mas, antes, ao descanso (em cascavel mesmo). ufa!




19 de fev de 2009

mini-férias, u-hu!!!!

amanhã, cedinho, entramos todos (menos o filho, que ele já tem programa próprio há muito tempo) no carro e seguimos viagem para... o paraguai!!!!
vou levar meus cacarecos digitais e registrar tudinho!
ou, se bater a priguiça...
esqueçam que eu existo (minha meia-dúzia de diletos leitores), volto só na semana que vem!...

16 de fev de 2009

sac

1) comprei na tyrol, no ano passado, um sapatinho-boneca pra minha filha caçula. a praga do cachorro comeu uma das tiras do sapato. fiquei desolada, pq o sapato estava praticamente SEM USO. levei na loja no final de novembro, pedindo uma orientação de como eu poderia proceder para ter o sapato consertado. a vendedora reteve o par e ficou de dar um retorno. apenas no final de janeiro a loja me ligou, solicitando que eu retirasse o sapato na loja e avisando que nada poderia ser feito por eles. DEMORAR DOIS MESES POR UMA NÃO-RESPOSTA DESSAS??? fiquei fula da vida! desci as escadas do shopping, fui até a sapataria do futuro e, em 4 dias, o sapato foi reparado e está perfeito! ah... mandei email reclamando e recebi resposta pedindo desculpas. no mínimo, né?...

2) reservei na livraria cultura um livro. não deu para ir buscar no prazo combinado. na semana seguinte, o livro estava mais de 30% mais caro! fiquei fula da vida! mandei email reclamando, afinal, que outro aspecto de nossa vida cotidiana sofre aumento nessa proprção??? na sexta, recebi telefonema de uma funcionária, explicando o motivo do aumento e disponibilizando o livro pelo preço "antigo", para mantermos o bom relacionamento de sempre. oba!

3) no sábado passado, fui na cabelereira de sempre tentar cortar o cabelo. não tinha horário (nem boa-vontade em encaixar em outro horário, diga-se de passagem). fui cortar o cabelo da caçula no shopping e resolvi tentar cortar o meu lá tb. acabou a luz de todo o shopping no final do corte, saí de lá com o cabelo pingando. na luz, vi que DETESTEI O CORTE. e fiquei fula da vida, claro! mas dessa vez não adianta reclamar, né?... ou o corte te agrada ou não agrada... daí fui num terceiro salão "refazer" o corte. tô de cabelo curtinho, agora. ainda bem que cabelo cresce! ;o)

13 de fev de 2009

meme



[antes tarde do que nunca...]
recebi essa brincadeira da minha amiga fabiola! pra ela não ficar "brava" comigo por eu estar atrasada (mais uma vez!), aqui vão as regras para participar:

- colocar o link de quem te indicou no meme selo, no teu blog;
- escrever essas 5 regras antes de seu meme para deixar a brincadeira mais clara;
- contar seis fatos aleatórios sobre você (essa é a proposta da brincadeira);
- indicar seis blogueiros para continuar a brincadeira;
- avisar esses blogueiros que eles foram indicados.

aqui vão os tais "fatos aleatórios" sobre mim, ai, jisuis (rs):
1) sou relaxada mais do que gostaria de ser/admitir...
2) gasto mais dinheiro do que deveria...
3) mas também trabalho pra caramba e, mais, ADOOOURO o que faço!
4) adoro ler, mas de uns anos pra cá mal consigo pegar num livro do começo ao fim...
5) tenho 3 filhos, mas queria ter mais... vai ficar pra próxima reencarnação, tá tudo muito caro!!!
6) morei 20 anos em apartamento e, finalmente, consegui voltar a morar em casa! estou tão feliz!!!

mas não vou indicar ninguém não... meus amigos blogueiros que quiserem fazer esse auto-exercício, façam e depois me contem, ok?

11 de fev de 2009

sic

Ah, o secretário do tesouro americano informa que talvez o trilhão e meio não seja suficiente pra resolver a treta nos bancos. Pra você ver, leitorinho da pele boa, leitorinha dos olhos brilhantes, que tudo na vida é questã de perspectiva. Eu, com cinquentinha, tava mais feliz que pinto no lixo.

pensei [quase] a mesma coisa que a fal, mas marido mandou eu deixar de ser boba, que eu não sei de nada...
...
aniversário semana passada, inferno astral até agora. ui.

2 de fev de 2009

funcionário público ou...

... mente tacanha???
toca o telefone, é o setor de compras do meu cliente, querendo me passar um fax com uma "autorização de compras" (autorização pra eu emitir minha NF e esperar uns 10 dias pra poder receber - o trabalho já foi feito ó... tem tempo! mas isso é uma outra história).
dei o sinal, entrou uma página. normalmente são duas.
toca o telefone de novo, é o moço do lado de lá querendo passar todo o fax novamente.
eu aviso "passa só a segunda página, que a primeira já chegou legível", ao que ele responde "mas não aparece aqui no meu relatório..."
deixo passar: o argumento imbecil e a primeira página DE NOVO.
e passa, mas sabe qdo passa tudo junto, parecendo que foi apenas uma longa página única? então...
toca o telefone, o moço querendo repassar o fax...
não me agüento: "mas, e., eu já recebi o fax, está tudo certo" e ele "mas não aparece no meu relatório"
"mas, e., assim vc fica gastando minhas folhas de fax, EU CONFIRMO O RECEBIMENTO DO FAX, ESTÁ TUDO EM ORDEM...", e a mesma resposta idiota "mas não aparece no meu relatório"...
saco. gastar papel por conta de um relatório imbecil!

30 de jan de 2009

sou eu a maluca ou o quê?

a mulher que acabou de parir (ou melhor, ter, pq parir é outra coisa) 8 filhos recusou uma proposta de aborto seletivo feita pelos médicos, quando eles souberam que eram tantas crianças em gestação.
até aí eu posso entender seus motivos, claro, nem quero entrar nessa discussão.
MAS...
a nêga já tinha ... SEIS filhos!!!! de 7, 6, 5, 3 e dois com 2 anos!!!!!
caraca, pq cargas d'água uma mulher queria taaanto mais filhos????

pideiti: ah, não sou só eu, não... até alguns americanos acham isso uma maluquice...

pideiti 2: PIOR, a "maluca" (pq agora eu consegui determinar que ELA é a maluca, não eu...) é solteira e mora com a mãe... ai, meus sais...

29 de jan de 2009

narnia - ainda bem!



é tão bonitinho...
e agora confirmaram o 3º filme!
ainda bem!
g. agradece (e eu tb!)... rs

mais sobre a decisão aqui.

27 de jan de 2009

Curta metragem - E agora?

de um professor colega meu, com alunos de uma unidade que eu não dou mais aula (se bem que aluno é "quase" tudo igual... rs).
bonito o filme, não?

22 de jan de 2009

Conto de Fadas para Mulheres do Século 21

Era uma vez, numa terra muito distante, uma linda princesa, independente e cheia de auto-estima que, enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo estava de acordo com as conformidades ecológicas, se deparou com uma rã.

Então, a rã pulou para o seu colo e disse:

- Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Uma bruxa má lançou-me um encanto e eu transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo. A minha mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavarias as minhas roupas, criarias os nossos filhos e viveríamos felizes para sempre...

Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã à sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava:

– Nem fudendo !

(Luís Fernando Veríssimo)


[não tenho como comprovar a autoria, mas q o conto é bom, é!!!!]

18 de jan de 2009

disquinhos!



clique aqui ou aqui.

eu passei DOIS dias fazendo download (provavelmente pq sou meio anta, mas enfim...), mas tenho TODOS os disquinhos da coleção!!!
já tinha em casa uns CDS coloridos (dos meus filhos mais velhos), mas nem de longe ia conseguir comprar todos os títulos.
agora eu tenho todas as histórias organizadinhas!
oba!!!

pra saber mais, clique aqui, parece que os links não estão mais funcionando (não sei porquê, eu descobri ao procurar a ÚLTIMA história, a dos 3 porquinhos, q não era a correta/não tinha nos primeiros links, na semana passada estava funcionando...).

f., eu te gravo um CD com todas as historinhas, pódeixar...

pidaite: vcs não me entenderam (ou eu não me expliquei direito...): só o último link não está mais funcionando, mas toda a informação lá é muito bacana, vale a pena a visita! os dois primeiros links, funcionam bem, firmes e fortes! rs
MAS, quem quiser, eu faço uma cópia do cd, em mp3. posso levar lá na matrice, q tal?...

14 de jan de 2009

próprio-otária

eu tenho uma camiseta-regata há mais de 6 anos. ok, ela é bonitinha, mas não é exatamente uma peça nova. certo?
estamos dormindo provisoriamente na casa da sogra, enquanto minha reforma não termina (q era pra ser super-rápida, mas vcs devem conhecer esse tipo de história de outros carnavais, reforma NUNCA demora o tempo estimado...).
ontem, na hora de dormir, como não achava meu pijama, e como estava muito calor, dormi com a MINHA regata.
tomei a maior bronca da filha!!! pq eu usei a MINHA regata... é que ela queria usar...
ai, ai.
não sou mais dona nem de uma regata de 6 anos!

ps: o desenho do snoopy eu tirei de uma fonte q eu tenho aqui no mac. não é incrível a informática?!

12 de jan de 2009

escrever, snoopy, blog





















eu simplesmente AMO o snoopy!!!

10 de jan de 2009



VIVA LA VIDA

I used to rule the world
Seas would rise when I gave the word
Now in the morning I sweep alone
Sweep the streets I used to own
I used to roll the dice
Feel the fear in my enemy's eyes
Listen as the crowd would sing:
"Now the old king is dead! Long live the king!"
One minute I held the key
Next the walls were closed on me
And I discovered that my castles stand
Upon pillars of sand, pillars of sand

I hear Jerusalem bells are ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason I can not explain
Once you know there was never, never an honest word
That was when I ruled the world
(Ohhh)

It was the wicked and wild wind
Blew down the doors to let me in.
Shattered windows and the sound of drums
People could not believe what I'd become
Revolutionaries Wait
For my head on a silver plate
Just a puppet on a lonely string
Oh who would ever want to be king?

I hear Jerusalem bells are ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason I can not explain
I know Saint Peter will call my name
Never an honest word
And that was when I ruled the world
(Ohhhhh Ohhh Ohhh)

Hear Jerusalem bells are ringings
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason I can not explain
I know Saint Peter will call my name
Never an honest word
But that was when I ruled the world
Oooooh Oooooh Oooooh"


VIVA A VIDA

Eu costumava reger o mundo
Mares se agitavam ao meu comando
Agora, pela manhã, me arrasto sozinho
Varrendo as ruas que costumava mandar

Eu costumava jogar os dados
Sentia o medo no olhos dos meus inimigos
Ouvia como o povo cantava:
"Agora o velho rei está morto! Vida longa ao rei!"

Por um minuto segurei a chave
Próximo as paredes que se fechavam pra mim
E percebei que meu castelo estava erguido
Sobre pilares de sal e pilares de areia

Eu ouço os sinos de Jerusalém tocando
Os corais da cavalaria romana cantando
Seja meu espelho, minha espada e escudo
Meu missionário em uma terra estrangeira
Por um motivo que eu não sei explicar
Quando você se foi não havia
Não havia uma palavra honesta
Era assim, quando eu regia o mundo

Foi o terrível e selvagem vento
Que derrubou as portas para que eu entrasse
Janelas destruídas e o som de tambores
O povo não poderia acreditar no que me tornei

Revolucionários esperam
Pela minha cabeça em uma bandeja de prata
Apenas uma marionete em uma solitária corda
Oh, quem realmente ia querer ser rei?

Eu ouço os sinos de Jerusalém tocando
Os corais da cavalaria romana cantando
Seja meu espelho, minha espada e escudo
Meu missionário em uma terra estrangeira
Por um motivo que eu não sei explicar
Eu sei que São Pedro não chamará meu nome
Nunca uma palavra honesta
Mas, isso foi quando eu regia o mundo

eu A-DO-RO essa música. vcs não?
[o que me importa se é por causa da intensa exposição na mídia?...]

8 de jan de 2009

saudade...



g. foi passar um dia na casa da p.
ficou 3.
daí deu saudades e ela quis voltar. ainda bem!!
minha pituca já está aqui, debaixo das minhas asas... rs

4 de jan de 2009

lista de não-resoluções

Eu sei. Vai começar um ano-novo e você está aí, prenhe de boas intenções. Você vai isto, você vai aquilo. Ah, meu bem. Não vai, não. Lá no fundo, você sabe. Eu sei aqui, no raso. A gente não vai, coisa nenhuma. A gente faz essas listas longas que aplacam nossas consciências, mas que não adiantam para nada. Este ano vamos tentar algo diferente? Vamos fazer uma lista de nãos. As coisas que nós não vamos fazer.
1) Em 2009, nós não vamos: parar de comprar sapatos.
2) Em 2009, nós não vamos: parar de comer besteiras.
3) Em 2009, nós não vamos: fazer academia.
4) Em 2009, nós não vamos: parar de falar palavrão.
5) Em 2009, nós não vamos: emagrecer.
6) Em 2009, nós não vamos: ser mais sociáveis.
7) Em 2009, nós não vamos: parar de fumar.
8 ) Em 2009, nós não vamos: poupar 30% do que ganhamos.
9) Em 2009, nós não vamos: parar de ver tevê.
10) Em 2009, nós não vamos: ser mais organizados.


lista da fal. MUITO BOA! vai lá, ler todo o texto dela (aproveita e lê todos os outros posts!)
daqui a pouco vou fazer a MINHA lista de resoluções (ou não-resoluções, quem sabe...).