30 de out de 2008

tapa-piolho



e minha caçulinha tá crescendo, semana q vem ela completa 5 anos... já???
tá uma coisa de lindinha, fofinha, belezinha, delicinha...
ai...

minha filha mais velha tem um chaveiro com uma figura de um cachorro-pirata (com olho preto), sabe? eis q a g. pergunta:
- mãe, cadê o chaveiro da b., aquele com tapa-piolho?
entenderam (meus dois leitores q me restaram)?
tapa-piolho = tapa-olho!!!
eu enchi de beijinhos a menina!

[o blog tá meio abandonado, né?... muito trabalho, muita correria, muita coisa. mas vou me esforçar pra blogar mais, eu gostava tanto de escrever...]

19 de out de 2008

citação

As pessoas dizem: darei para quem merecer. Mas não é isso que dizem as árvores. Elas dão para poder continuar vivendo, porque guardar é perecer. Na verdade é a vida que tudo divide e compartilha e os seres humanos não são nada além de testemunhas da sua própria existência.


achei no blog da carol [q deixou comentário no post anterior], como citação do kahlil Gibran (não é assim q escreve, acho, mas tô com preguiça de procurar...).
se eu pudesse, eu GRITAVA isso pros meus pais... tanta mesquinharia junta, pra quê?... pra passar os últimos anos da vida sozinhos?...
alô, carol, vc não é minha aluna, né? fique à vontade aqui, viu, pq de professsora eu não tenho nada, só alunos!!!! kkkkkk
eu gosto de dar aula, mas essa não é minha "menina dos olhos"...

3 de out de 2008

eu AMO a internet

simplesmente AMO isso aqui.
a gente encontra taaaanta coisa bacana, q uma vida é pouco pra descobrir (e fruir) tudo... amigos (virtuais, q viram reais), letras de músicas q amamos desde sempre, livros, emoções, um mundo de coisa!
olha o q eu achei:

O Fortuna (Chorus) O Fortune
Fortune plango vulnera

O Fortuna Ó Fortuna,
velut luna És como a Lua
statu variabilis, Mutável,
semper crescis Sempre aumentas
aut decrescis; Ou diminuis;
vita detestabilis A detestável vida
nunc obdurat Ora oprime
et tunc curat E ora cura
ludo mentis aciem Para brincar com a mente
egestatem, Miséria
potestatem Poder
dissolvit ut glaciem. Ela os dissolve como gelo.

Sors immanis Sorte imensa
et inanis, e vazia
rota tu volubilis, Tu, roda volúvel
status malus, é má
vana salus Vã é a felicidade
semper dissolubilis, sempre dissolúvel
obumbrata nebulosa
et velata e velada.
michi quoque niteris; Também a mim contagias;
nunc per ludum Agora por brincadeira
dorsum nudum O dorso nu
fero tui sceleris. entrego à tua perversidade.

Sors salutis A sorte na saúde
et virtutis e virtude
michi nunc contraria, agora me é contrária
est affectus e Dá
et defectus e tira
semper in angaria. Mantendo sempre escravizado
Hac in hora esta hora
sine mora sem demora
corde pulsum tangite; Tange a corda vibrante;
quod per sortem porque a sorte
sternit fortem, abate o forte,
mecum omnes plangite! Chorai todos comigo!

Fortune plango vulnera Lamento as feridas da Fortuna
stillantibus ocellis pranto em meus olhos,
quod sua michi munera para os dons que ela me deu
subtrahit rebellis. perversamente ela tira.
Verum est, quod legitur, Em verdade está escrito
fronte capillata, que ela tem cabelos na fronte,
sed plerumque sequitur mas, quando deixarmos que ela passe
Occasio calvata. sua nuca é calva.

In Fortune solio No trono da Fortuna
sederam elatus, Costumava sentar-me,
prosperitatis vario muitas e coloridas da prosperidade;
flore coronatus; com flores fui coroado
quicquid enim florui embora possa ter prosperado
felix et beatus, feliz e abençoado
nunc a summo corrui, agora caio do alto
gloria privatus. privado de glória.

Fortune rota volvitur: A roda da fortuna gira:
descendo minoratus; Eu desço, arrasado
alter in altum tollitur; enquanto outro é elevado;
nimis exaltatus; e bem lá no alto
rex sedet in vertice senta-se o rei no topo
caveat ruinam! Deixe que o medo o derrube!
nam sub axe legimus Escrito abaixo do eixo da roda
Hecubam reginam. Rainha Hécuba.



achei nesse blog! e sua dona nem imagina o bem q ela me fez...

2 de out de 2008

semaninha...

... tomei bronca de cliente, pq não cheguei no horário combinado. ele tinha mais ou menos razão (qto ao horário, longa história), mas NENHUMA RAZÃO para ser grosseiro, xiliquento e ofensivo. e eu vou ter q dizer, de alguma maneira, prum cara vivido, com mais de 60 anos, experiente, profissional respeitado, eu vou ter q dizer pra esse nego q NÃO VAI HAVER SEGUNDA VEZ q ele falará assim comigo. e q ele foi grosseiro, xiliquento, ofensivo desnecessariamente, bastava conversar.
qdo ele atrasou por meses um pagamento meu (de outro trabalho), não teve o mesmo rigor, né não?...
*
g. para o pai: "humm, sua BÁRBARA [barba] tá me machucando"...
*
ainda g.: "o papai tá ficando velhinho, né, mamãe? a mamãe tá novinha, mas o papai tá velhinho"... KKKKKKKKK
*
aluna fazendo prova: "professora, não sei responder NENHUMA das questões... posso levar a prova pra casa, estudar, e depois fazer outra prova?"
minha resposta: "filha, vc é nova aqui na faculdade, não?" - dãããã...
*
e a semana nem acabou ainda!