31 de mai de 2008

como "terminou" (ou não?) a semana...

- o livro de 800 páginas está na mão do editor responsável pela tradução e NÃO ENTROU EM GRÁFICA AINDA (provavelmente, meu cliente MENTIU sobre a data de entrada em gráfica, com historinha q eles estão "negociando", fdp!...).
- o livro da outra cliente, a chata, AINDA não entrou em gráfica, enroscou aqui no fim-de-semana e parece q não vou conseguir terminá-lo nunca... minha assistente errou no tratamento de imagem (na verdade, apenas adequação de tamanho, vejam vcs), tive q rever TUDO, e ainda tem milhares de correçõezinhas pedidas a cada meia-hora...
- pelo menos meu sobrinho já voltou pra casa!
- semana de prova na universidade, tudo de novo, ai, meu jisuis!!

e assim caminha a humanidade: muito trabalho, pouco dinheiro, sacanagens, pentelhações, e muito frio...
.
.
.
.
.
não, só foi duro, mas eu estou bem.
não sei se fiquei muito cética com a idade, mas o fato é q eu reclamo, mas não me sinto injustiçada ou no fundo do poço... serei insensível? insensata? fria?
ou apenas... imbecil? rs

29 de mai de 2008

drops again!

olha só a semaninha...

- meu principal cliente EXIGIU q eu finalizasse e entregasse o livro q estava aqui comigo há meses. "apenas" 800 páginas, sentiu o drama?
a revisora (minha amiga, mui amiga) precisou pulverizar o trabalho, pra poder dar conta do recado.
isso significa q vou ter q pagar mais pra um bando de gente... tirar do meu.
ok, vamos lá, tirar esse trabalho da frente:
entonces, trabalhei no feriado, no final de semana, dia e noite. na 3ª feira, fui dormir às 5 da manhã (dormir??). ontem emendei direto, passei o dia com a roupa do dia anterior...
mas entreguei tudo! uhú!
ah, a revisora q me deu o cano embarcou anteontem pra Espanha, de férias... eu sou uma imbecil, mesmo.

- outra cliente minha, q é uma pentelha (muito, muito, muito penteeeelha) me pressionou pra fechar o livro dela anteontem, ontem, hoje... um porre, o trabalho é desorganizado, cheio de detalhe, e vai ter um monte de furada. saco. e ela me dá a maior canseira pra pagar... [pq se pagasse rapidinho, a gente se animava mais, né?...]

- o bebê do meu irmão voltou a ser internado, com infecção, na uti. uma história muito difícil de entender... eles estão arrasados, claro. pedro completa um mês HOJE. duro, viu?

- meus filhos vivem na mais completa liberalidade, sem eira nem beira.
o n.1 vive na casa da namorada, só volta pra casa pra trocar de roupa e pegar dinheiro... folgado!
a n.2 está completamente abandonada, teve-não teve caxumba na semana passada, sarou sozinha... será q foi caxumba mesmo?...
a n.3 esteve muito gripada, tomou um monte de bolinha, sarou. mas o pedi mandou dar outros remédios, eu não comprei, não iniciei o novo tratamento. ah, e ela me pediu pra mamar um monte de vezes. pq será, né?...

- não tenho um puto no bolso, o celular não está pago, não consigo reformar minha casa nova-velhíssima...

- ah, sabe aquele outro trabalho q ia render uma bela bolada? foi cancelado na 2ª feira...

- meus computadores estão dando tilt desde a 2ª feira, fiquei alucinada! mas foi um tilt de enlouquecer o monge mais zen... primeiro demorava pra abrir o word, ora abria, ora não abria, daí deu pau no programa de email, q deixou definitivamente de funcionar, mas o tiro de misericórdia veio qdo o quark, programa q eu uso o dia inteiro, deixou de abrir... quase enfartei!!!

21 de mai de 2008

Pausa na "programação"



Recebi da Rosana, um amor de criatura, esse selinho, atestando q ela é meio lelé, ops, ela é um amor de criatura!
Ocorre q ela afirmou, pra quem quisesse ver (ler), q o MEU blog é um blog bom (ãhn???), não, muito bom, sim senhora!
Isso me deixa orgulhosa e perplexa, pq ando me achando uma pessoa muito chata ultimamente. Detesto o tanto de reclamação q eu escrevo aqui, detesto a falta de tempo pra me dedicar aos meus amigos virtuais, à manutenção dessas amizades com visitas frequentes e participação inteligente, detesto o teor dos meus escritos, minha falta de graça, humor, leveza, positivismo...
Portanto, só tenho que agradecer a gentileza da Rosana, uma moça muito bacana q, do outro lado do mundo (ela está no Japão!!), ainda aposta e acredita em mim... rs
Querida, vc sim é muito boa, sim senhora!!!

18 de mai de 2008

saúde (ou não)

bom, g. piorou no meio da semana passada, voltou a febre, moleza e tals. liguei pro pedi, q foi apressado e convencional. detestei. mandou fazer inalação com 2 remédios diferentes. DOIS. mandou dar um xarope (diz q é fitoterápico, sei lá). mandou dar os remédios q eu já estava dando de 2 em 2 horas ("ataque"). e avisou q talvez fosse entrar com antibiótico. tudo em 2 minutos de conversa, por telefone. DETESTEI. mas eu q liguei, pedindo ajuda, né?...
de qq maneira, g. passou o fim-de-semana bem, só com o "ataque" dos remédios de 2 em 2 horas. acho q a doença já cumpriu seu ciclo, vamos ver.
agora, a beatrice é q ficou doente. ontem estava com um inchado no pescoço, teve febre, hoje levamos no PS pra exame: CAXUMBA. ela está bem, mas aparentemente carente... quer tomar TOOODOS os remédios (obs.: caxumba não tem remédio específico, só acompanhar e aguardar q sara). tb, o QM fica discutindo contra, sempre. tô cansada, viu?
enfim...
na teoria, sei q uma doença pode vir num momento de mudança de paradigma, num momento de crescimento. sei q pode ser um "divisor de águas", qdo a criança apresenta algum salto.
porém, na prática, tb sei q doença é sinal de desequilíbrio (do organismo, de um modo geral). se tudo estivesse muito bem, o crescimento se daria sem atropelos.
e é isso q me preocupa (e me faz sentir culpa): quanto desequilíbrio tenho pela frente?... [não por não querer enfrentar, nem por covardia minha, mas por ver meus filhos envolvidos nisso, por vê-los sofrendo...]
é...

7 de mai de 2008

drops

g. tá ótima, nem parece q teve febrão dias atrás... uma espoleta!
*****
sobre médicos: confesso q tenho o maior bode de ter q ir em médico.
geralmente, minhas crianças adoecem (quando acontece) no final de semana (até pq a gente está mais junto e observa mais!), e qdo consigo marcar consulta, o "pico" da doencinha já passou. então, vou fazer o quê no consultório?? relatar o q aconteceu?...
de verdade, as criancas aqui em casa são super-saudáveis!
e eu não acredito em visita constante em consultório médico, procurando pêlo em ovo...
eles estão bem, fora uma gripe ou outra. se alimentam bem, crescem bem, se desenvolvem bem...
ficar medindo, comparando, receitando suplemento, vitamina, vacina?... q coisa ridícula!
de qq maneira, vou levar a g. no pediatra na sexta-feira agora. pra não ficar com peso na consciência!!
*****
duas notinhas publicadas hoje, q dão o q pensar:
Mulheres mudam de idéia durante gravidez e preferem cesariana, diz pesquisa
coitadas de nossas mulheres, enganadas pelo mito da cesárea "salvadora, limpa e indolor"...
mas o trecho q mais me tocou (por causa do recente nascimento do meu sobrinho, assunto pra outro post, em breve) foi:
"A gente até já ouviu dono de hospital dizer assim: 'se você diminuir o número de cesarianas, você quebra minha UTI [Unidade de Terapia Intensiva] neonatal'". revoltante.
Crianças amamentadas são mais inteligentes, diz estudo
e como tem gente q acha q amamentar é coisa de pobre, de quem não pode comprar mamadeira bacana, de quem não precisa trabalhar ou simplesmente acha um saco... pobres de espírito, isso sim! ou pobres de informação e apoio, o mais comum.

6 de mai de 2008

ainda g.

e no final do 2º dia de dormida, QM mandou dar umas gotinhas de novalgina.
quem me conhece, sabe q eu sou fã de novalgina PRA MIM, mas simplesmente abomino dá-la às crianças.
ocorre q eu ando cansada de barganhar tantas idéias diferentes, posturas, princípios, e como vaquinha indo pro abate, dei (cruzes, quanto drama!! rs).
o q aconteceu?
a febre (e toda aquela moleza) passou à noite, e a menina quis assistir o DVD inteiro da Barbie-Princesa da Ilha, depois o DVD do Shrek 2, e ainda o DVD do Shrek 3!!! ao amanhecer, eu estava moída de estar deitada na caminha de solteiro dela, morrendo de sono, e a bichinha, serelepe, "mamãe, tô com fome"!
passou.
ai.
*******************
médico?
tá todo mundo com os horários cheios. tem pediatra com horário disponível apenas em JUNHO!
quem disse q ser médico era mal negócio?
*******************
por falar em médico, depois eu posto sobre o parto da minha cunhadinha, na última 4ª feira. estamos mal de médicos mesmo... é só mais um negócio mesmo.

4 de mai de 2008

g.

ontem, g. passou o dia inteiro dormindo.
DOR-MIN-DO.
acordava um pouco, ia ao banheiro (às vezes fazia xixi, ás vezes não), voltava pra cama e dormia de novo...
não comeu absolutamente na-da, apenas bebeu um pouco de água.
hoje, melhorou um pouquinho, durante o dia levantou e saímos. mas voltou a adormecer no carrinho e ficou prostrada pelo resto do dia.
febre baixinha, intermitente.
estou assustada.
amanhã, pediatra.
ai.