21 de ago de 2007

o q é a compreensão do cerumano, né, minha gente?...

na frente do meu estúdio tem uma pracinha. nem simpática nem nada, mas um pontinho de verde, vá lá...
com umas árvores enormes, pra tentar filtrar um pouco da poluição da lapa, q já foi um bairrinho bacaninha, mas hoje ninguém nem lembra q existe.
não importa, o fato é q existe a tal praça, verdinha, mas o povo, ah, nosso povo...
na ponta de lá existe uma árvore enooorme (q eu nem vou arriscar o nome, de tão urbana q sou) e um espaço sem grama embaixo, pq não bate sol, pq é a área da raiz e tal.
o povo q passa por aqui deixa LIXO desde sempre nesse espaço (gente a pé e gente de carro, até importado, q eu já vi!).
ora, a praça não é depósito de lixo, concordam?
então, depois de alguns moradores reclamarem, a prefeitura veio e colocou uma placa, avisando os incautos q ali NÃO É local pra se jogar lixo. ah, claro, o povo não sabia, ah táá...


então, pouco a pouco, as pessoas ficaram inibidas (ou se concientizaram) e deixaram de jogar lixo lá...


só que...


ninguém falou nada sobre jogar lixo na parte DE TRÁS da árvore... se ninguém falou nada (nem colocou placa), então deve poder, né?...
elementar, meu caro watson!!!

3 comentários:

Fabiola disse...

horrivel né?

Simone disse...

pai do céu!!! dá vontade de bater com um gato morto até o gato miar. quanta estupidez!!!

thais disse...

ai, nao acredito!!!!!!!!!