31 de jul de 2007

rapidinha

qdo eu era pequena, morava na minha casa a ex-babá da minha mãe, velhinha q durou mais q minhas avós. ela sempre tomava banho por volta do meio-dia, o q irritava meu pai, pq ele dizia q não era hora de banho, e sim de almoço!
já mocinha, eu olhava com desdém minha sogra dizendo q só lava a cabeça ao meio-dia, pq o cabelo molhado deixa ela resfriada.
hoje...
EU adoro tomar banho no final da manhã! qdo o dia já esquentou um pouco, e vai esquentar ainda mais!!
RARARARA!!!
hoje tomei banho às 11 horas, lavei minha cabeça tranquilamente, me enchi de agasalhos, e saí no sol!
ô, delícia!!
as velhinhas é q tinham razão, afinal!!!

26 de jul de 2007

news

bloguinho abandonado, né?...
é da vida...
muuuuitas novidades!
estamos aprontando uma ação no vão-livre do masp, chamada "amamentação no masp", no próximo dia 4 de agosto, celebrando a semana mundial de amamentação. estamos enlouquecidas, correndo atrás de patrocínio, apoio, divulgação etc e tal.
quem quiser ajudar, será muitíssimo bem-vindo! deixem seus comentários ou entrem no blog da matrice e nos avise por lá!
preciso tb de um help com meu selinho de divulgação, quem me ajuda???
ai, como eu sou anarfabeta digital...
e as fotenhas do celular? uma delícia, pena q acaba com a bateria...
olha só:



tá, a foto não está ótema, mas eu quis mostrar a gato-de-botas de casa... rs
vamos tentar outras fotenhas:



a menina tem MANIA de chapéu... não pode ver um, q já põe na cabeça!
eu quero morrer... com esse frio, ela sai com essas "coisas" q a sem-noção-da-minha-mãe dá...



fotenha tirada pela filha nº2, com o pp celula, pra mostrar a potência do bichinho (obs:todas as fotos desse post foram tiradas com o celular).
e a porcaria do blogspot, q manteve meu blog inativo para postagem, sob suspeita de ser spam???
q coisa imbecil...
q vontade de migrar pro wordpress... mas ando tãooo sem tempo de me aventurar nisso...
vcs viram o filminho da nestlé abaixo? poca-vergonha.
na corrida por patrocínio pro nosso evento, conseguimos uma baita ajuda$$, mas tivemos q declinar... motivo: a empresa fabrica fórmula (como lá fora se chamam os leites infantis). ai, ai...
acho q é isso! aguardo comentários... rs

24 de jul de 2007

Nesquik/Nestlé - Dá pra acreditar nessa empresa????



Além de tudo, o blogger lançou um "comunicado", avisando q meu blog está bloqueado, pq é um spam...
Heloooooo...
O Lambisgóia, spam???
Aposto q é por causa do filminho da Nestlé...
nem dá vontade de comentar...

20 de jul de 2007

cansada...

tiritando de frio nesse estúdio, quase 11 h da noite dessa sexta-feira gelada...
nenhuma vontade de blogar.
uma certa insatisfação, vinda não sei bem de onde, tanta coisa dando certo!
acho q eu queria dar uma saída nas férias, mas não vai dar. tô atoladinha de trabalho, e a gente andou ga$tando mais do q devia. gastar é bom, mas ficar sem reserva es fueda!
crianças ficaram doentes, EU fiquei doente, gripezinha besta! fiquei completamente sem voz na semana passada, e até hoje uma tosse canalha me acompanha!
é isso, qdo eu melhorar meu humor, eu volto.
vou ali repensar as [muitas] novidades [boas].

ps: morgan, obrigada pelo elogio, apareça mais vezes!

11 de jul de 2007

amor, demonstrações, filhos...

li há uns dias atrás o blog da renata, e ela escrevia sobre as "manifestações" de amor dos pais dela. aliás, sobre a ausência dessas manifestações!
meus pais são idênticos. nunca foram de abraçar, beijar, manifestar... diz meu QM q o importante é a intenção, mais do q "palavras", ou atos, q podem ser muitas vezes "superficiais"...
concordo em parte.
o contínuo treinamento de uma ação, muitas vezes, leva à ação propriamente dita!*
assim, de tanto ver "manifestado" o amor (principalmente vindo dos pais), as crianças acabam por se sentir seguras o suficiente para seguir em frente.
não é tão simples assim, claro, mas o pt q eu queria abordar é q meus pais nunca foram de se "manifestar" e hoje temos muitos problemas de relacionamento, a pt de mal nos falarmos. eu me sinto "insegura" com eles... eu acho q eles não me querem bem o suficiente... eu acho q eles gostam mais dos meus irmãos (q são mais bem sucedidos financeiramente do q eu), q eles respeitam mais as escolhas deles do q as minhas...
de maneira geral, eu consigo deixar esse assunto guardado bem debaixo do tapete, pq é doloroso, claro.
mas hoje de manhã, minha caçula apareceu cedinho no quarto, querendo atenção. e ela é uma fofa!!
ela me abraçou bem gostoso e disse, olho-no-olho: "mamãe, eu amo você".
eu tenho uma boa relação com meus filhos mais velhos. boa, mesmo. no geral, eles são equilibrados, bem-sucedidos, respeitosos, amorosos. mas conforme vão crescendo, a distância "física" surge, os abraços ficam escassos, os apertos, os chamegos... é meio natural q isso aconteça, eu acho.
mas a g. é pura transparência! e amor!
ninguém ensinou essa declaração pra ela (q deve ter aprendido na tv, no mínimo!).
a gente em casa é amoroso, mas não tão meloso (rs). é dela esse tom.
e é tão bom!!!
e acaba (re)ensinando a todos nós o q realmente é importante!
dizer "eu te amo" é sempre importante, por mais q vc saiba q o outro sabe!
DIZER É IMPORTANTE!


* a esse respeito, tem um livro muito bom, de um filósofo (André Comte-Sponville), chamado "Pequeno Tratado das Grandes Virtudes", editora Martins Fontes. Tem na livraria Cultura (eu não ganho nada com a indicação, claro, mas vale dar uma passeada pelo autor...)

4 de jul de 2007

roberto aos 10 anos de idade



olha q menininho lindo!
[do lado, o colega de toda a infância, dudu]

1 de jul de 2007

roberto

Os filhos
Vossos filhos não são vossos filhos
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos.
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã, que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não podem fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.
O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força
Para que suas flechas se projetem rápido e para longe
Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria;
Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco que permanece estável.


Gibran Khalil, do livro O Profeta

às vezes, dá vontade de se divorciar de filho... pq rebelde sem causa não dá pra agüentar...
entristece a gente. q não merece (ou merece e a gente não enxerga, é uma possibilidade).