15 de jun de 2007

sobre vacinação...

meia-noite e tra-lá-lá, depois de um dia cheio, estou dando minha "passeada" pelos blogs, pela net...
nesse fim de semana agora é dia de vacinação, e eu ando visitando muito blog de mãe ultimamente...
e tenho ficado indignada pela quantidade de aviso "inocente" pra mulherada levar os filhos pra tomarem suas gotinhas...
CRUZES!
No Brasil, o último caso de poliomielite causado pelo vírus selvagem foi em 1989 na Paraíba. De lá para cá todos os casos de poliomielite foram provocados pelo vírus vivo atenuado presente na vacina oral (vacina Sabin tradicional).
[tirado do site da GlaxonSmithKline, q fabrica esse veneno]
eu fico cansada de tanto tentar fazer com q as pessoas, pelo menos, PENSEM a respeito desse assunto, ao invés de irem atrás q nem cordeirinhos, envenenando seus filhos com drogas, achando q estão fazendo o melhor possível e na verdade estão sendo apenas joguetes nas mãos de inescrupulosos grupos multinacionais q só engordam o próprio bolso.
eu já li tanto absurdo a esse respeito...
não quero convencer ninguém, q cada um pense por si, mas pelo menos isso, né?... q cada um PENSE pelo menos...
vacina não é a sétima maravilha do mundo.
vacina tem contra-indicação sim.
e cada pessoa deveria saber muito mais a esse respeito, antes de decidir se vai vacinar seu filho ou não.

As vacinas estimulam o organismo para a produção de anticorpos. Em caso algum a ciência médica pode garantir que a vacina não prejudicará a criança, o adolescente, o adulto ou o idoso.
Fica claro, portanto, que a decisão de vacinar depende de mais informações sobre as reações indesejáveis imediatas e as conseqüências tardias.
Vale lembrar que um organismo saudável tem um sistema imunológico capaz de controlar as doenças nas diferentes fases da vida. A pessoa fica mais susceptível, em contato com qualquer germe, se seu organismo estiver exposto a:
• alimentação inadequada;
• hábitos agressivos à saúde (álcool, fumo, drogas);
• poluição ambiental;
• stress e problemas emocionais.
É importante que o médico esteja informado e atualizado a respeito das vacinas e seus efeitos colaterais, para poder orientar os pais e os interessados. É importante lembrar, também, que as doenças infantis desempenham um papel no desenvolvimento da criança. Dependendo da enfermidade, os riscos da vacina são maiores do que a evolução natural da doença.

tirado daqui, de onde tem muito mais...

4 comentários:

Simone disse...

uma 3 pessoas perguntaram pro Biel se ele já tinha "tomado gotinha". ELe nem sabia o que era, rsrsrsrs
A cara do meu "não" evitou mais perguntas. Só ficaram com aquela cara de "mãe irresponsável".

thais disse...

ai, eu nem converso mais sobre o assunto. fico irritada.
hahahah

Fabiola disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabiola disse...

vacina? Ah? o que é isso
embora vc não acrdite é obrigatório!!