14 de jun de 2007

mundo agressivo...

...esse em q vivemos, não?
ontem, aplicando prova em uma turma enooorme (quase 100 alunos na classe!), entra a coordenadora do curso, mulher-macho-sim-senhor, pra "acompanhar" o processo.
na sala, eu e o outro professor titular.
a coordenadora começa a implicar com fulano, com siclano, menino-olha-pra-frente e tals. eis q ela TIRA a prova de uma menina, alegando q ela estava colando. tira, assim, do nada, sem a menina nem poder protestar, sem ela estar efetivamente colando, só pelo "prazer" de q todos saibam: aqui quem manda é ela. nem nós, professores, pudemos falar alguma coisa...
depois, no saguão, encontro outra aluna, q estava quase sem voz e uma expressão aflita. o q aconteceu, menina? ai, professora, meu chefe RASGOU meu trabalho aqui da faculdade 5 minutos antes de eu vir pra cá...
cara, o homem pegou o trabalho da moça e o rasgou na frente dela??? por mais q ela possa ter feito, q direito ele tinha? eu não faria isso nem com a página de um caderno de uma criança!!! [já fiz, uma vez, qdo o r. era bem pequeno, e eu estava irritada com a lição de casa mal-feita dele, rasguei e joguei fora uma folha de caderno. ele ficou arrasado, e eu tb fiquei, envergonhada por ter feito tamanha agressão. nunca mais.]
************
ai, tha, vc achou q eu fui arrogante? eu não gosto de arrogância... mas, depois de uma "certa idade", a gente começa a ter mais certezas na vida (ou menos incertezas, como quiser!!).
a bem da verdade, acho q ser mãe, em qq idade, tem suas belezas, e eu tive o privilégio de passar pela maternidade em várias etapas da minha vida, o q me dá uma visão diversificada! qdo eu fui mãe do r., com 21 anos, eu deitava e rolava com ele, era moleca mesmo! com a b., um pouco mais velha, 26 anos, fui menos insegura, mas mm assim, tudo foi uma grande "farra"! e com a g., com 36 anos, eu tive a oportunidade de ser mãe "velha", já não rolo no chão com ela (não mesmo!), mas eu curto sua infância com a certeza de q essa fase é uma delícia e passa muito rápido!

3 comentários:

Simone disse...

essas pessoas que rasgam as coisas alheias são complexadas e se sentem inferiores, daí agridem os outros na tentativa desesperada de provar que não são.
Pobres espíritos!
Quem dera todo mundo fosse arrogante como você.

thais disse...

oi, ana, não acho que vc foi arrogante, nào. falei isso?
só acho tão legal essa confiança que vcs (e não só vc, mas a bia, a sô, a si) tem na criação dos filhos. coisa que eu nào tenho, infelizmente. melhorei muito, já, mas ainda tenho um looooooongo caminho pra andar...

sabe, uma vez, uma professora tirou uma prova minha pq falou que eu estava passando cola (hahahaha eu nào precisava mais de nota. podia tirar 0 que passava de ano sem nada). no dia seguinte, a muié veio chorando com a diretora me pedir desculpas e me ofereceu outra prova. fiquei completamente besta, pq nem tinha ligado. minha nota já estava garantida com ou sem aquela prova.
cheguei em casa, contei pra minha mãe e ela começou a rir e falou que foi lá brigar com a professora. hahahahahahahahahahahahahha
ai ai.... màes....
beijo

lccm disse...

tem gente se achando demais !!!!!!!
e como são de menos, né ?