17 de mai de 2007

pagando a língua...

quase 10h, falando ao celular com a fabíola, ela me conta q fritou bife às 6 horas da manhã pra paola, filhinha dela.
tirei sarro, "comigo, não, violão!", q eu não ia fazer uma coisa dessas nem morta!!!!
desligo o telefone, e a minha g. pede "mamãe, qué maca-ão"...
não, g., não tem (mentira).
a bichinha vai até a cozinha, abre a geladeira, e fala "tem, sim, ó, maca-ão com moio banco!" e aponta para o pirex na 2ª prateleira.
daí eu pensei "a bichinha tá com fome" e... dei o macarrão com molho branco em plena 10 horas da manhã!!!!
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
explicação pra minha "fraqueza": desde segunda-feira ela vem vomitando, com diarréia, e tem se alimentado mal... achamos q é rotavírus, q o QM teve no fim de semana, e o r. tb ficou mal ontem mesmo...
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
explicação REAL pra minha "fraqueza": dane-se, quem disse q não se pode comer macarrão qdo se tem vontade???

KKKKKKKK!!!!!

7 comentários:

Carla, a mãe! disse...

huahuahuahua!!!
Vai me mandar a bolsa ou não vai???

Simone disse...

palmas! palmas! palmas!

thais disse...

fritar bife às 6 da manhã? hahahahahahahahahahaahhaahaha

ai, criança doente é terrível. eu sofro horrores. se me pedirem sorvete de pitanga da amazônia, eu dou. hahahahaahaha

Fabiola disse...

kkk eu vou esta história no post

Meus amores disse...

Oi Ana, obrigada pela visitinha...
Então, o parto cesária foi por opção mesmo, não tive coragem de enfrentar o normal, sei lá, medo de sentir dor...
Eu amei o Pró-Matre e em novembro estarei novamente lá, para ter meu segundinho...
Beijos p/ vc e sempre estarei aqui te acompanhando.
Vanessa e Davi

lccm disse...

querida, não olhe desta forma, não foi fraqueza, não foi mesmo...

puxa, espero que não seja nada demais, que seja uma indisposição qualquer dessas que dão em criança por nada.

meu carinho, minhas preces e minhas forças estão com voces.

Renata disse...

hahaha
de fato, os filhos vêm pra fazer a gente repensar todos aqueles conceitos que acreditávamos tão firmes e imutáveis... coisa boa, não?