28 de nov de 2006

Piadinha infame recebida de uma aluna...

Mãe Publicitária

- Acampar? De jeito nenhum! Você só tem 7 anos.
- Tenho 15, mãe!
- Mas já?! Não é possível! Tem certeza?
- Absoluta. É que nos meus últimos aniversários você estava trabalhando e esqueceu de ir.
- Esqueci, não. É que caíram em dia de semana. Se tivessem feito como eu sugeri...
- Você sugeriu que mudassem o dia do meu aniversário para o primeiro domingo de fevereiro.
- Exato. Domingo eu nunca trabalho.
- Papai contou que vocês se casaram num domingo e você trabalhou durante a cerimônia.
- Eu só assinei uns documentos enquanto o padre falava. Ele nem percebeu.
- E em vez do vovô... Você entrou na igreja de braço dado com o cliente!
- Claro! Tínhamos que aprovar uma campanha no dia seguinte!
- E a lua-de-mel...
- Tá. Eu não fui. Mas mandei o boy do escritório me representando. Seu pai no começo resistiu, mas acabou aceitando.
- E quando eu nasci? Qual é a desculpa?
- Desculpa por quê? Você nasceu como qualquer criança.
- Nasci numa mesa de reuniões!
- Era numa reunião de diretoria! Não podia sair assim, só porque a bolsa estourou. E você devia se orgulhar! Foi o presidente de uma grande multinacional que fez teu parto.
- Já sei. E a secretária cortou meu cordão umbilical com o clipe. Não brinca. Fiquei traumatizado .
- Eu fiquei. Você nasceu em cima de uma papelada importante. Quase perdi o emprego...
- E quando você foi me pegar na escola pela primeira vez? A vergonha que eu passei...
- Eu só estava com medo de não te reconhecer... Não te via fazia um tempinho...
- Tive que segurar um cartaz, que nem parente desconhecido em aeroporto, escrito "Eu sou o Thiago".
- Thiago? Foi esse o nome que eu te dei?
- Que a moça do cartório me deu! Quando completei 8 anos e consegui ir sozinho a um tabelião. Fiquei sem nome durante oito anos! Oito anos sendo chamado de pssit!!
- Pssit? Até que não é feio!
- Tudo por causa dessa porcaria do teu trabalho! Faz uma coisa. Pra provar que você quer mudar, vem acampar comigo.
- Por que nós não acampamos lá no meu escritório? Do lado do fax tem um espação. E umas samambaias artificiais. Posso contratar algum estagiário para ficar coaxando pra gente.
- Pára de brincar. Larga tudo e vem comigo.
- Bom, se você tá insistindo tanto, eu... Então tá. Eu... Tudo bem, eu vou.
- Jura? Ótimo! Você vai adorar!
- Ah, difícil pensar em programa melhor. Aquelas árvores, aqueles macacos guinchando, aquelas aranhas bacanas.
- Então está tudo certo.
- Só preciso saber assim, de um detalhe. A respeito do mato. Uma besteira.
- O quê? Se no mato tem mosquito? Se tem cobra?
- Não. Se no mato tem tomada...

---------------------------------------------------------------------------

E pra completar: saindo de casa de manhã, G. abre os bracinhos e diz, com carinha consternada "ah, mamãe, não vai não..." e fecha as mãozinhas como se fosse rezar... ai, q a gente nem é religioso aqui em casa, e a menina já sabe apelar!!!

23 de nov de 2006

Festa do Livro na USP

Eu quase "morri"... de prazer!
Na Festa do Livro na USP, TODOS os livros expostos estão sendo vendidos com pelo menos 50% de desconto!!!!!
Fui lá hoje, voltei com SEIS livros, gastei menos de cem reais. Livros por R$ 13, R$ 18, R$ 22...
E tem editora bem bacana, tipo Perspectiva, Edusp, Cosac (the best! essa aceita cartão de débito, cheque pré, qq negócio!), 34, Ateliê (aliás, fiz um bom networking nessa!), uma dilícia!!!!
Corram, q é só até amanhã...

ESCLARECENDO: a feira ocorre até hoje, sexta-feira! (é q eu escrevi o post de madrugada, pra mim eu ainda estava escrevendo na quinta...)

22 de nov de 2006

aluno...

acabei de voltar da faculdade onde dou aula.
final de ano, povo correndo para entregar todos os trabalhos e tal.
entrei em sala, mas não demos aula, era entrega do PIC (q é um trabalho grande e todo mundo tem q fazer), encontrei a aluna. passei por ela no corredor umas duas vezes depois.
qdo eu estava indo embora, lá vem a aluna de novo, sentido contrário. ao passar por mim, ela dá um sorrisinho amarelo e solta a pergunta:
"professora, qual o seu nome mesmo?"
"vc é minha aluna desde qdo?"
"ah, desde o início do semestre..."
CARACA, a fulana não sabe meu nome!!!!! e é minha aluna desde agosto!!!!
espero q tenha aprendido alguma coisa, mesmo q não seja meu nome...

20 de nov de 2006

lógica infantil

ontem fomos ao shopping, e g. visitou o papai-noel.
[há semanas, estamos na campanha "vamos dar a pepeta pro papai noel"! sim, ela chupa chupeta... sem dramas, aqui em casa]
ficamos na fila (ô, saco), e na hora agá, g. quis colo. tudo bem.
o coitado estava empapado de suor, um calor naquela roupa, uma barba branca meia-boca (mas verdadeira, diga-se), tudo bem, tudo vale!
MAS g. assustou-se, ameaçou chorar, voltamos atrás.
alguns corners longe, ela mudou de idéia, ao ouvir q a gente ia embora, "mamãe, qué dá a pepê pro papaiel".
voltamos, a fila estava muito maior (ô, saco), tudo de novo...
na hora agá, colo de novo, mas dessa vez, ela pegou a chupeta da minha mão e a ofereceu pro papai-noel.
o bom velhinho aceitou, fez uma mágica e, por trás, me devolveu a dita. qdo g. percebeu q ele não tinha mais a chupeta na mão, ameaçou chorar, "cadê meu pepê?".
desfizemos a mágica, e o papai-noel devolveu a chupeta pra ela.
e ela, toda satisfeita, olhou pra mim e concluiu: "mamãe, eu dei a pepê pro papaiel!".
rarara, ela deu e pegou de volta na mesma hora!!!
simples assim!!!

17 de nov de 2006

felicidade...

... é receber de volta um livro muito querido, emprestado há 7 anos atrás!!!!



hoje fui almoçar numa editora q são meus clientes há muito tempo, e eles tb convidaram um jornalista q foi meu chefe há muitos anos atrás. muito recentemente descobrimos q todos se conheciam, daí o almoço.
e esse meu chefe me devolveu meu livro de cabeceira, "a arte de amamentar", q eu havia emprestado para a mulher dele, grávida na época. eu perdi esse livro de vista, fiquei muito chateada, mas nunca quis comprar outro, eu queria o MEU livro. [foi o único livro q eu li sobre amamentação qdo o r. nasceu, há 18 anos atrás!!!]
e ele voltou pra mim!!!
eu fiquei tão contente!!!
vou ali reler uns trechinhos...

16 de nov de 2006

meus sonhos

Há uns dias fui "convocada" a revelar meus sonhos...
humm, deixa eu ver... são tantos!!
mas se for fazer a versão light (pq são meia noite e meia e eu tô morrendo de sono), eu diria/escreveria:
- ter equilíbrio (sempre, forever & ever) em todos os aspectos da minha vida
- ter amor (pra dar e pra receber)
- ter harmonia nas minhas relações (pessoais, familiares, profissionais, sociais)
- fazer diferença na vida de algumas pessoas, seja numa relação interpessoal, seja através das aulas, seja através do "ativismo" de amamentação/parto natural, da maneira q for possível!
- saber fazer as escolhas certas
- ter sempre meus filhos por perto, mm q eles estejam longe...
- crescer, avante e para o alto!
e os sonhos mais "mundanos":
- morar na casa q era da minha avó (sonho desde criança com isso!), e lá gerar e parir mais um bebê, com a total cumplicidade do QM
- encontrar equilíbrio financeiro, conseguir pagar minhas contas sem atropelos (vejam bem, não é q eu não queira trabalhar... eu trabalho, mas tô sempre aflita... assim, não dá!)
- poder escolher só fazer trabalho prazeiroso, conseguir estudar tudo q me interessa, ter tempo de ler os tantos livros q eu só consigo folhear atualmente...
- o r. entrar na usp nesse ano (pois é o q ele quer), e q ele seja feliz sempre com suas escolhas.
- a b. conseguir entrar na faculdade q ela escolher, qdo chegar a hora dela! (e q ela tb seja feliz com suas escolhas)
- a g. tb! (tb!) [é duro ser 3º filho!!!]
[isso deixou de ser light...]

7 de nov de 2006

maquina nova!

ganhei máquina nova!
tô enlouquecida!!!
zoom ótico de 12x, dá pra aproximar tu-do!!!
visor de 3 polegadas, 1 giga de memória, fodona!
eba!!!



g. dando risadinha!



perfil da b. linda!



ai, ai, chupeta, eu sei...



o mais legal é o "nome" dessa chupeta: chácha ána (q quer dizer "elefanta ana", de um dvd do barney...!!!), como resistir?...