11 de jun de 2006

?

o q faz a gente ser infeliz?
falta de dinheiro, de saúde, de equilíbrio, de companhia adequada, de projetos, de trabalho decente? de amor, de carinho, de abraço, de beijinho?
eu olho pra minha vida e não posso dizer q falta muitas dessas coisas, não posso mesmo, mas mesmo assim ando tão triste...
tô sobrecarregada? tô, mas sempre foi assim, e eu trabalho sob pressão mesmo, e daí?
tenho um bb delicioso, q me ama incondicionalmente, mas como lidar com o ciúme dos outros?...
e como lidar com os outros filhos, q vão cuidar da vida deles, mas de uma maneira q nem sempre EU acho certa, mas existe a outra cara metade corroborando o comportamento?...
como encontrar os pts coincidentes e ser feliz com isso? pq eu espero mais?
q papo mais de louco, não é?...
vou ali trabalhar q eu tenho q entregar um trampo amanhã...

3 comentários:

denize disse...

dona ana,
eu não recebi seus e-mails. se tivesse recebido tinha respondido imediatamente. estás mandando pra qual endereço: denizebarros@lareinamadre.com.br

sua corazones tá aqui e muitas outras que você iria gostar de ver ao vivo. venha conhecer o meu atelier. num tá pronto ainda, mas para amigas de infância como você as portas estão sempre abertas. do atelier, de casa e do coração. venha querida. beijinhos!

Simone disse...

Sabe Ana, acho que a gente tem momentos mais, digamos, "pensantes". Eu tenho pensado muito. Vou lá escrever pra ver se dá pra transformar em palavras. A inquietação costuma trazer novos pontos de vista, novas possibilidades. A gente não pode mudar o mundo nem controlar tudo.

Mani disse...

As vezes, uma certa tristeza é bom pra gente refletir sobre a vida. No meu caso, quando fico assim, só a poesia me salva. um abraço...